Perguntas frenquentes da Umbanda (respondidas por Mãe Nazareth)
- De onde viemos? É uma boa pergunta! E para onde vamos? É outra grande pergunta!
Resposta:
Seria uma grande dúvida se não tivéssemos a certeza de uma vida após esta vida. A vida não teria nenhum sentido se em nada acreditássemos. Por que lutamos tanto pelos nossos filhos, por que queremos tantas coisas na nossa vida se não houvesse um objetivo maior além desta vida física?
Lutamos por uma vida mais digna e melhor, estudamos para compreendermos melhor a nossa sociedade a integrar-se a ela, trabalhando melhor, participando dos projetos mais avançados da ciência.
Se não houvesse essa força dentro de nós, estimulada pelo espírito, seríamos como o animal, apenas iríamos comer o que estivesse na nossa frente, beber, dormir, caminhar e ter apenas instintos animalescos, como todos animais possuem, sem quaisquer outras expectativas.
Mas nós somos diferentes: pensamos, sentimos, agimos e somos dominados por um espírito livre e independente da massa mortal que é o corpo físico.
O papel de cada um nesta vida é um dom natural permitido por Deus. Uns cantam, alguns tocam, muitos representam suas peças nos palcos da vida, outros cuidam da saúde, muitos são mestres nas escolas, muitos estão nos campos cultivando a terra, outros tantos administrando as riquezas da terra, outros administrando as riquezas dos céus (sacerdotes), etc.
Viemos do reino da luz, passamos pelas encruzilhadas das vidas carnais e para luz retornaremos mais cedo ou mais tarde.