Plantas Medicinais

Tratamentos com ervas e flores

- Imagem: Arquivo Templo Iansã -

Caldos e escalda pés
É a maneira de oferecer ao organismo as propriedades curativas das ervas ou flores, em água quente, temperada com sal ou outros elementos. O cuidado na preparação dos caldos está no escolher as plantas ou flores que aceitam este processo, nem todas podem ser utilizadas.
Os caldos são utilizados em casos de convalescença, enjoos comuns, debilidade digestiva por fator nervoso e para atenuar os efeitos da autointoxicação nos períodos dos semijejuns. Ainda utilizado nos processos dolorosos de dores nas pernas, resfriados e outros.
Modo de preparo
Em uma bacia grande maceramos as ervas ou flores com as mãos, acrescentamos sal ou outros elementos e despejamos água fervendo por cima.
Se vamos colocar os pés devemos sentar em um banco sem encosto, despido e envolto em uma manta de lã, mergulhar os pés na bacia, cobrindo-a, sentindo que todo vapor envolve o seu corpo.
Isto também pode ser chamado de “escalda corpo” e não escalda pés. O vapor penetra nos poros, sendo que é um ótimo tratamento.
É aconselhado permanecer trinta minutos se o tempo estiver quente ou o tempo que perceber que a água está esfriando.
Para tratamentos estéticos ou para os males como reumatismo, artrite e outros, a recomendação é uma vez por semana.
Observação: O alecrim é contra indicado para hipertensos e na gravidez.

Fonte: Curso Básico de Ervas Medicinais, Templo Iansã e Cacique Tupinambá, elaborado por Maria Nazareth Dória em 2005