Orixás do Mês de Outubro

12- Nossa Senhora Aparecida - Mãe Oxum na Umbanda

Foto: Ricardo Macimiano

Nossa Senhora Aparecida, também chamada Nossa Senhora do Brasil.
A história de Nossa Senhora Aparecida é muito bonita.
Ela foi encontrada nas águas doces de um rio e começou a fazer muitos milagres entre os desafortunados.
Acreditamos que todas as Nossas Senhoras se reflitam em um só ponto de luz. A Mãe Santíssima de Jesus. Todas são uma extensão dessa luz que sustenta o mundo. Tendo fé, amor e confiança nela, não importa o nome que lhes derem aqui ou ali, basta acreditar no Seu amor e bondade. Se na Umbanda a revenciamos como mamãe Oxum e na Igreja Católica como Nossa Senhora Aparecida ou como é chamada por Pai Miguel de Angola, Nossa Senhora do Brasil, temos uma certeza: O amor é o mesmo e ela, uma só para todos nós.

20 – Salve Senhores Boiadeiros!

Foto: Ricardo Macimiano

Oficialmente, outubro não é o mês dos boiadeiros na Umbanda. Em cada casa se comemora no mês e na data informada pela entidade de chefia do Templo. Dia 20 é o dia de consagração dos boiadeiros no nosso Templo.
O guia chefe da corrente dos boiadeiros em nossa casa é o respeitável João Boiadeiro, um ser altruísta, amigo e conhecedor dos nossos sofrimentos e sentimentos.
Todos seus filhos e amigos vêem nele não apenas um guia, mas um amigo, um conselheiro, um mestre. É simpático, alegre, amável, bondoso, justo e compreensivo com todos.
Um guia que abençoa, um mestre que nos ensina e que sabe fazer muitos amigos. Esse guia que não escolhe trabalho, um companheiro que está sempre alegre e disposto, um irmão que vibra com a nossa vitória, um espírito que respeita as Leis de Deus e dos homens.

Um amigo que não procura saber o nosso sobrenome não olha a cor da nossa pele, não diferencia trajes, não se importa com ouro e muito menos com títulos e cargos.
Salve Nossos boiadeiros de luz! Nós acreditamos nos senhores!